Paul Zumthor novamente na Bahia


A Ubu teve acesso a um texto exclusivo da estudiosa Jerusa Pires Ferreira sobre Paul Zumthor, de quem era amiga e cuja grande parte da obra traduziu para o português, incluindo o livro Performance, recepção, leitura. Neste texto, ela passeia pelos escritos do estudioso suíço e fala um pouco sobre sua relação com o Brasil, país que ele visitou algumas vezes e de que gostava bastante.

 

Em 1993, ocasião em que o mestre suíço visitou novamente a Bahia, saiu publicado o seu livro A letra e a voz, que traduzimos (São Paulo, Cia. das Letras, 1993) e que é, de fato, uma referência indispensável no campo de estudos das literaturas que comprometem o corpo e a voz.

Poderíamos dizer que a Introdução à poesia oral, publicado na França em 1983, traduzido no Brasil em 1997/1998 (São Paulo, Hucitec/EDUC) e retomado pela editora da UFMG, tem um forte assentamento no Sertão da Bahia, em Feira de Santana, e está ligado à primeira viagem de P. Z. a essas paragens. Ocorre, muito depois, um fato curioso: sua tradução foi feita numa espécie de laboratório que se realizou sempre em Salvador. Nele confrontamos, discutimos e até construímos fundamentos, para se pensar autor/texto/tradutor/tradução: Maria Lucia Diniz Pochat, Maria Inês Almeida e eu fizemos desse trabalho uma série de atos de colaboração e paciência, dos primeiros textos discutidos e traduzidos ao acompanhamento dos sofridos processos editoriais.

Trata-se de um livro extraordinário, que situa já em sua introdução, como no capítulo conclusivo, a memória, a voz e as ações transmissivas. Considera que a humanidade inteira ficará “despossuída” de sua memória quando um último índio de determinada tribo se calar, e manifesta sua posição de revolta contra a massificação e o extermínio de populações e de culturas. Ele nos diz que a Europa avançou como um câncer, e ao levar em conta o controle hegemônico das Literaturas, sugere que nos resta sabotar (sic), criar, um respiradouro no cimento em vias de secar, ou jogar areia na fechadura, garantindo a vida, as pulsões que emanam do corpo, em sua plenitude, nas poéticas da oralidade.

Poderíamos dizer que sua obra se redimensionou a partir do conhecimento direto do Brasil e da África, por toda a década de 80, quando passa a valorizar, ainda mais, todo o contingente vital e transformador das poéticas orais, e a distinguir insistentemente tradição e transmissão, oralidade e vocalidade, contemplando os diversos níveis de mediação.

Além de teórico e poeta, o ficcionista publicaria na década de 1990, um livro de contos/novelas: La Porte à Cotée, (Montréal, Héxagone, 1994) que tem como capa a porta da igreja de São Francisco, em João Pessoa, e um dos seus contos nos faz contemplar a Ladeira da Conceição e a Igreja da Conceição da Praia, tendo como personagem um cantador nordestino, que aí vive com sua família.

Em 1997, organizamos na PUC de São Paulo um Colóquio em sua homenagem, para discutir tópicos e temas de sua obra, que foi publicado como Oralidade em tempo e espaço (São Paulo, Educ/Fapesp, 1999).

Na sequência da divulgação e da discussão crítica da obra notável do medievalista e estudioso das culturas, traduzimos também, entre outros, o pequeno livro Performance, recepção, leitura (São Paulo, Educ, 2000), que agora, em sua quarta edição (São Paulo, UBU, 2018) transmite, de modo direto, prático e consistente algumas das noções e conceitos que o autor fez semear ao longo de sua obra, inclusive o de performance, a partir do qual considera a recepção, a poesia oral e o texto impresso, dizendo-nos:

“A performance e o conhecimento daquilo que se transmite estão ligados […]. A performance, de qualquer jeito, modifica o conhecimento. Ela não é simplesmente um meio de comunicação: comunicando, ela o marca”(2018, p. 31).

Nessa, como em outras passagens, as dimensões antropológicas, comunicativas, estéticas e cognitivas são trazidas com clareza e acompanhadas de profunda intuição poética por parte de quem acredita como poucos que “o saber é um longo, lento sabor” (ibid., p. 95).

_

livros relacionados

Performance, recepção, leitura
Paul Zumthor

R$ 34,90

Untitled-1