Jarry-Patafisica_cortado

Por que Ubu?


Sonoro, visual, curto, estranho, lembra ubuntu, uruca, exótico, palindrômico, sui generis, único. Ubu é tudo isso mas também tem a ver com livros, teatro, vanguarda, experimentação, excentricidade, erotismo, humor, política, arte, absurdo, surrealismo, dadaísmo, futurismo e até ciclismo.

Ubu é um dos personagens de várias obras do poeta, romancista e dramaturgo francês Alfred Jarry, entre as quais a peça Ubu rei é a mais conhecida. Nascido em 1873, Jarry foi referência para as vanguardas artísticas do século XX, além de precursor reconhecido, junto com Guillaume Apollinaire, do Teatro do Absurdo, que reuniria dramaturgos como Eugène Ionesco, Jean Genet e Samuel Beckett.

Mais do que a figura de Pai Ubu, é a Patafísica de Jarry que nos anima, sua “ciência das soluções imaginárias”. Jarry constrói em volta de si um universo cultural e artístico transbordante, um tanto alucinado, multidisciplinar e que transpira liberdade. Associações insuspeitadas, deslocamento formal e um vetor de desejo pulsante são um caldo inspirador para uma nova editora.