O Hino das Mulheres


O hino do MLF (Mouvement de Libération des Femmes), às vezes chamado de Hino das Mulheres, é uma canção criada coletivamente em março de 1971 por ativistas do movimento em Paris.

Durante uma das reuniões informais do MLF – especificamente a da preparação da reunião de 28 de março de 1971 na Praça Issy-les-Moulineaux em memória e honra das mulheres da Comuna de Paris – as mulheres presentes co-escrevem este texto. Estavam presentes, entre outras, Monique Wittig, Hélène Rouch, Cathy Bernheim, Catherine Deudon, MJ Sinat, Gille Wittig, Antoinette Fouque, Josiane Chanel e Josée Contreras.

Hino das Mulheres

Nós que somos sem passado, mulheres
Nós que não temos história
Desde a noite dos tempos, mulheres
Nós somos o continente negro.

Refrão:
Levantemo-nos mulheres escravas
E rompamos nossas amarras
De pé, de pé, de pé!

Subjugadas, humilhadas, mulheres
Compradas, vendidas, violadas
Em todas as casas, mulheres
Fora do mundo relegadas.

Levantemo-nos mulheres escravas
E rompamos nossas amarras
De pé, de pé, de pé!

Sozinhas em nossa dor, mulheres
Uma pela outra ignorada
Eles nos dividiram, mulheres
E de nossas irmãs nos separaram.

O tempo da cólera, mulheres
Nosso tempo, chegou
Conheçamos nossa força, mulheres
Descubramo-nos numerosas!

Reconheçamo-nos, mulheres
Falemo-nos, olhemo-nos
Juntas, somos oprimidas, mulheres
Juntas, revoltemo-nos!

Levantemo-nos mulheres escravas
E quebremos nossas amarras
De pé, de pé, de pé!

Ouça o hino em francês: