07/09 – 11/12: 32ª Bienal de Arte São Paulo


Entre 7 de setembro e 11 de dezembro de 2016 acontece a 32ª  Bienal de São Paulo.

Esta edição pretende discutir as condições de vida atuais e as estratégias oferecidas pela arte contemporânea para acolher ou habitar incertezas, de onde o título Incerteza viva da mostra. A exposição, que será no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, reunirá aproximadamente 90 artistas.

 

bienalblog

Cartaz da 32a Bienal de Arte de São Paulo – Incerteza Viva

 

Entorno

Para desenvolver o projeto arquitetônico e expográfico, foi convidado o escritório Álvaro Razuk Arquitetos. A edição propõe tornar a mostra mais permeável e acessível, criando um vínculo entre a construção coletiva do Parque Ibirapuera e os projetos artísticos, entre os quais diversos serão comissionados para o espaço do parque.

 

Artistas

A 32ª edição trará diversos nomes já consagrados. No entanto, seguindo uma seleção propositalmente jovem, a mostra contará, em sua maioria, com artistas nascidos a partir dos anos 1970.

Entre eles destaca-se Jonathas de Andrade. O artista alagoano apresentará pela primeira vez o filme O peixe, que retrata o trabalho de pescadores nos manguezais de Alagoas. A atividade é marcada por técnicas tradicionais e por uma espécie de ritual em que os pescadores retêm os peixes em um abraço até o momento em que finalmente morrem. A obra se situa entre o documental e o ficcional, assim como diversos outros trabalhos do artista.

 

QUANDO: 7 de setembro a 11 de dezembro; entrada gratuita

terça, quarta, sexta, domingo e feriados: 9h – 19h (entrada até 18h)

quinta, sábado: 9h – 22h (entrada até 21h)

ONDE: Pavilhão Ciccillo Matarazzo (Pavilhão da Bienal) no Parque Ibirapuera – Av. Pedro Álvares Cabral, s.n., portão 3