A Odisseia em português

Gustavo Frade é professor de língua e literatura grega da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Compartilhamos, agora, um texto inédito que ele escreveu comparando as principais traduções da Odisseia para o português que existem hoje no mercado, mencionando a tradução de Christian Werner à edição da Ubu do livro.   A Odisseia começa com uma descrição sintética de seu herói (sem mencionar seu nome) e de suas aventuras. Em termos de organização da […]


Ai Weiwei sobre a América Latina

A Ubu tem em catálogo um livro sobre a obra do chinês Ai Weiwei. Nele estão duas entrevistas feitas com o artista pelo curador Marcello Dantas. Uma durante sua estadia no Brasil, em 2018, e outra quando estava no Chile, em 2017. Fizemos para esta postagem uma seleção de três questões das entrevistas relacionadas à percepção de Weiwei sobre a América Latina.   [Marcello Dantas] Que sentimentos sua primeira viagem à América Latina lhe provocou? […]


Dois anos da Ubu!

Para celebrar dois anos de Ubu, vamos comemorar com uma série de debates! Nas vésperas das eleições, dia 6/10, um time de intelectuais irá discutir questões atuais e atemporais. Esperamos todos a partir das 14h na Casa Plana.   Programação: 14h30 Pedro Paulo Pimenta A origem das espécies de Charles Darwin 15h30 Christian Dunker  A reinvenção da intimidade e a política no mundo atual 16h30 Marina Person A obra de Stanley Kubrick 17h30 Renan Quinalha A hierarquia do sexo: o círculo […]


“Um encontro entre Xavante e Maori” por Edgar Kanayko Xakriabá

A Ubu tem em seu catálogo o livro Arte e agência, de Alfred Gell, que, entre outras coisas, analisa alguns padrões de tatuagens de povos aborígenes, como os Maori. Em 2015, para participar da primeira edição dos Jogos Mundiais Indígenas, os Maori vieram ao Brasil. Durante o campeonato, Maori e Xavante se desafiaram em um rito de guerra, momento registrado pelo etnofotógrafo Edgar Kanayko Xakriabá, que também escreveu um relato sobre este dia e que aqui publicamos. […]


Prefácio de Arqueologia da violência, por Bento Prado Jr.

Republicamos aqui o prefácio escrito por Bento Prado Jr. para o livro Arqueologia da violência, de Pierre Clastres, no qual o autor comenta as principais ideias e o impacto de Clastres.     Prefácio A outrem, mais competente, caberia a tarefa de apresentar e analisar de forma sistemática a obra de Pierre Clastres, parcialmente conhecida pelo leitor brasileiro, graças à tradução de seu livro A sociedade contra o Es­tado1. Outro é o propósito desta breve […]


[SP] 14-16/9 90 anos de Macunaíma na Casa das Rosas

Publicado em 1928, Macunaíma de Mario de Andrade celebra 90 anos. Marco do movimento modernista e da antropofagia, a obra de Mario foi durante muito tempo símbolo do “povo brasileiro” ou ainda daquilo que chamamos de “nação”. Para escrever o romance-rapsódia, o autor utilizou de textos etnográficos e de mitos ameríndios – o mais emblemático sendo o mito que dá nome ao livro, Makunaima. Segundo o antropólogo Eduardo Viveiros de Castro, Macunaíma é “capaz de colocar tudo o […]


Paulo Mendes da Rocha faz 90 anos e ganha exposição

Às vésperas de fazer 90 anos, Paulo Mendes da Rocha ganha exposição no Itaú Cultural, com curadoria de Guilherme Wisnik e expografia de Martin Corullon, da Metro Arquitetos. Em reportagem para a Folha de S. Paulo, Francesco Perrotta-Bosch discute o lado inefável do ofício de Paulo Mendes da Rocha com o próprio, Wisnik e Corullon, dois de seus discípulos. Para o arquiteto nonagenário, “a fantasia é muito estimulante para nossa existência”. E “a arquitetura é a parte […]